09 de fevereiro de 2017 11:34

“Minha Mãe É uma Peça 2” bate recorde de renda do cinema nacional

Os dados foram computados pela Rentrak, consultoria que monitora as bilheterias de cinema no Brasil

Por Redação

O filme “Minha Mãe É uma Peça 2” se tornou a maior renda acumulada entre os filmes nacionais desde a retomada, em 1990 e soma, até o momento, R$ 116.937.20.

Os dados foram computados pela Rentrak, consultoria que monitora as bilheterias de cinema no Brasil.

Quando o assunto é número de espectadores, o longa protagonizado por Paulo Gustavo é o quarto filme nacional mais assistido, com 8,6 milhões de ingressos vendidos até esta terça-feira (7), atrás de “Dona Flor e Seus Dois Maridos” (1976), “Tropa de Elite 2” (2010) e “Os Dez Mandamentos”, que ainda lidera com 11,3 milhões de ingressos.

A continuação de “Minha Mãe É uma Peça” (2013) estreou uma semana depois de “Rogue One”, da grife “Star Wars”, e fez o primeiro spin-off da saga comer poeira nas bilheterias. Em entrevista, o criador da personagem comemorou a marca e disse “ser um luxo” bater a Disney. “É uma produção nacional na frente de uma produção internacional. Acho foda, fico mega orgulhoso.”

 

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.