29 de novembro de 2017 10:17

Chapecoense entra na Justiça contra seguradora da LaMia

Clube pede pagamento de indenizações

Por Redação

O time da Chapecoense entrou na Justiça com pedido de indenização contra órgãos do governo da Bolívia e contra a seguradora da LaMia, a boliviana Bisa, um ano após o acidente aéreo, que deixou 71 mortos e seis feridos no dia 29 de novembro de 2016.

Pela medida judicial a Associação Chapecoense de Futebol requer a condenação e o pagamento das indenizações decorrentes dos danos causados pelo acidente aéreo ocorrido em 29 de novembro de 2016”, informou o clube.

Segundo o time, detalhes sobre o pedido de indenização só serão repassados no início de dezembro, após reunião do Conselho Gestor da Chapecoense.

O acidente aconteceu quando o avião partiu na noite de 28 de novembro de 2016 de Santa Cruz de La Sierra, na Bolívia, com destino a Medellín, na Colômbia, onde a Chapecoense iria jogar contra o Atlético Nacional.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*