29 de outubro de 2013 13:15

Fifa coloca Neymar e Thiago Silva entre os 23 melhores do mundo

Felipão está na lista dos técnicos

Por Redação

Pelo segundo ano consecutivo, Neymar está entre os 23 melhores jogadores do mundo, de acordo com a Fifa e a revista “France Football”. Atuando metade do ano no Santos e a outra metade no Barcelona – com uma decisiva Copa das Confederações entre a troca de clubes -, o camisa 10 da seleção brasileira apareceu na lista divulgada pela entidade máxima do futebol nesta terça-feira, dessa vez com a companhia de um compatriota: o zagueiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain.

Outro brasileiro que ganhou destaque na seleção ao prêmio Bola de Ouro foi Luiz Felipe Scolari. O comandante da seleção brasileira apareceu na lista dos 10 melhores treinadores do mundo mesmo sem ter um ano completo à frente da equipe, embora tenha conquistado a Copa das Confederações diante da Espanha de Vicente del Bosque.

MONTAGEM - Thiago silva neymar e Felipão brasil (Foto: Editoria de arte)

Espanhóis abrem espaço para alemães

Com relação à lista do ano passado, entre os atletas, houve 11 mudanças. Deixaram o grupo de 23 melhores do mundo Didier Drogba, Gerard Piqué, Gianluigi Buffon, Iker Casillas, Karim Benzema, Mario Balotelli, Sergio Agüero, Sergio Busquets, Sergio Ramos, Wayne Rooney e Xabi Alonso. Enquanto isso, passaram a integrar a lista Arjen Robben, Bastian Schweinsteiger, Eden Hazard, Edinson Cavani, Franck Ribéry, Gareth Bale, Luis Suárez, Philipp Lahm, Robert Lewandowski, Thiago Silva e Thomas Müller

Chama a atenção a diferença no número de espanhóis indicados com relação à lista de 2012. No ano passado, havia sete jogadores da Roja entre os 23 indicados, enquanto neste ano há apenas dois (Iniesta e Xavi). Enquanto isso, o país com mais atletas na lista é a Alemanha, muito por conta da ótima campanha do Bayern de Munique. Ao todo, são cinco alemães, sendo quatro do time bávaro – Özil, que deixou o Real Madrid para atuar no Arsenal, é a exceção.

ribery bayern munique uefa prêmio (Foto: AFP)

O Bayern de Munique – campeão de tudo o que disputou na última temporada – é o clube com mais indicados (cinco), incluindo Franck Ribéry, vencedor do prêmio de melhor jogador da Europa, concedido pela Uefa. Em seguida, vem o Barcelona, com quatro, e o PSG, com três atletas na lista.

Agora, treinadores e capitães de todas as seleções filiadas à Fifa, além de jornalistas de cada país, votarão em uma das 23 opções de atletas. A entidade divulgará o nome dos três mais votados no começo de dezembro, enquanto o grande vencedor será anunciado apenas no dia 13 de janeiro, em evento que será realizado em Zurique. O mesmo serve para o prêmio entre os técnicos.

Confira os 23 jogadores indicados para a Bola de Ouro:

– Andrea Pirlo (Juventus e Itália)
– Andrés Iniesta (Barcelona e Espanha)
– Arjen Robben (Bayern de Munique e Holanda)
– Bastian Schweinsteiger (Bayern de Munique e Alemanha)
– Cristiano Ronaldo (Real Madrid e Portugal)
– Eden Hazard (Chelsea e Bélgica)
– Edinson Cavani (Napoli/PSG e Uruguai)
– Franck Ribéry (Bayern de Munique e França)
– Gareth Bale (Tottenham/Real Madrid e País de Gales)
– Lionel Messi (Barcelona e Argentina)
– Luis Suárez (Liverpool e Uruguai)
– Manuel Neuer (Bayern de Munique e Alemanha)
– Mesut Özil (Real Madrid/Arsenal e Alemanha)
– Neymar (Santos/Barcelona e Brasil)
– Philipp Lahm (Bayern de Munique e Alemanha)
– Falcao García (Atlético de Madrid/Monaco e Colômbia)
– Robert Lewandowski (Borussia Dortmund e Polônia)
– Robin van Persie (Manchester United e Holanda)
– Thiago Silva (PSG e Brasil)
– Thomas Müller (Bayern de Munique e Alemanha)
– Xavi Hernández (Barcelona e Espanha)
– Yaya Touré (Manchester City e Costa do Marfim)
– Zlatan Ibrahimovic (PSG e Suécia)

Confira os dez indicados para melhor treinador:

– Alex Ferguson (Manchester United)
– Antonio Conte (Juventus)
– Arséne Wenger (Arsenal)
– Carlo Ancelotti (PSG/Real Madrid)
– Jupp Heynckes (Bayern de Munique)
– José Mourinho (Real Madrid/Chelsea)
– Jürgen Klopp (Borussia Dortmund)
– Luiz Felipe Scolari (Brasil)
– Rafa Benítez (Chelsea/Napoli)
– Vicente del Bosque (Espanha)

Fonte: Globo

Os comentários para este conteúdo estão encerrados.