19 de outubro de 2011 08:37

Flamengo encara a Universidad do Chile em jogo com clima de revanche

Em 2010, o time chileno eliminou o Fla nas quartas de final da Copa Libertadores

Por Anderson Marin
Ronaldinho Gaúcho  
Ronaldinho garante: o Flamengo quer ser campeão do Brasileirão e da Sul-Americana.  

Em 2010, a Universidad do Chile acabou com o sonho do Flamengo de conquistar a Copa Libertadores ao eliminar o time da Gávea nas quartas de final da competição. Pouco mais de um ano depois, os dois times se reencontram, dessa vez nas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

Esperança dos flamenguistas para que a história não se repita, Ronaldinho Gaúcho afirmou que o clube chileno é perigoso, no entanto, garantiu que o Fla está preparado para encarar o carrasco. “Já conversamos um pouco sobre o adversário e sabemos que é um time perigoso. O Angelim conhece a equipe deles e contou um pouco para a gente. Na concentração o professor Luxemburgo vai nos passar mais detalhes e estaremos prontos para este desafio”, disse o jogador.

Na briga pelo título do Campeonato Brasileiro, Ronaldinho ressalta que o Fla não vai dar prioridade ao Brasileirão ou à Sul-Americana. “Nosso objetivo é conquistar os dois títulos. É tudo o que a gente mais deseja. Ficamos dez jogos sem vencer, mas conseguimos dar a volta por cima e quem sabe conquistar os títulos”, falou o ídolo da Gávea.

O duelo entre Flamengo e Universidad do Chile acontece às 21h50, no Engenhão. O jogo da volta está marcado para o dia 26 deste mês e quem passar encara nas quartas o vencedor do confronto entre Olimpia, do Paraguai, e Arsenal, da Argentina.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*