21 de maio de 2014 13:52

Novo técnico do Barça assume e não fala de Neymar

A ‘era Luis Enrique’ no Barcelona começou nesta quarta-feira, no Camp Nou

Por Redação

luiz

A ‘era Luis Enrique’ no Barcelona começou nesta quarta-feira, no Camp Nou, com sua apresentação oficial seguida de entrevista ao lado do presidente, Josep Maria Bartomeu, e do diretor de futebol, Andoni Zubizarreta. A conversa com os jornalistas foi longa, durou 1h14min, e, entre outras coisas, teve Neymar esquecido, ilusão e tema proibido.

Veja abaixo os 10 principais tópicos da coletiva

1 – Neymar

Principal jogador brasileiro no momento, Neymar não foi sequer citado nos 74 minutos de entrevista. Nenhuma pergunta foi feita sobre o atacante, tampouco Luis Enrique teceu qualquer comentário sobre ele.

2 – Messi

Foi dado como “indispensável” pelo treinador, que ignorou a atual temporada de Cristiano Ronaldo e o fato de ele ser o dono do prêmio da Fifa de melhor jogador do mundo.

“Estou encantado e maravilhado de ter o melhor jogador do mundo no plantel. É evidente que o rendimento de Messi nesta temporada não foi tão incrível, mas ele segue sendo o número um. Ele faz muito mais coisas que gols, é indispensável, é uma referência única, e creio que comigo vá recuperar sua melhor versão.”

3 – IIusão

Ganhar títulos, sim, mas resgatando o futebol bonito que o Barcelona de outrora mostrou. É assim que o substituto de Gerardo Martino quer reestruturar o time.

“O torcedor culé está acostumado a ver um futebol quase de outra galáxia. Estou aqui para o clube jogar bem, ganhar titulos, ilusionar a torcida.”

4 – Tema proibido

Falar de reforços, sim, mas no geral, nada de nomes nem posições. Foi o assunto sobre o qual Luis Enrique menos quis falar, embora tenha garantido que mudanças acontecerão, no grupo e na filosofia.

“Se vai haver mudanças? Sim, este é um ano em que vai haver mudanças. Vamos tentar nos reforçar da melhor maneira possível, mas há um mercado, e se tem que comprar algum jogador, tem que gastar muito dinheiro. Mas sim, nos reforçaremos.”

5 – Medalhões

Mesmo não querendo individualizar, Luis Enrique foi questionado separadamente sobre alguns dos principais jogadores do elenco, como Mascherano, Xavi, Fábregas, se continuarão ou mudarão de funções em campo.

“É um jogador muito importante, tem ótima personalidade, pode ser um capitão… Os jogadores bons, importantes, queremos todos, e neste sentido temos tempo para tomar as decisões”, afirmou o treinador sobre o argentino, que é volante de origem mas há tempos joga como zagueiro no time catalão.

6 – Retornos

De volta após boas passagens por empréstimo por Celta e Everton, o meia Rafinha Alcântara e o atacante Gerard Deulofeu serão incorporados diretamente ao elenco principal, ficando como opções para a montagem do novo Barcelona. Já sobre Bojan, emprestado ao Ajax, não há, ao menos oficialmente, novidades.

“São duas [Rafinha e Deulofeu] incorporações ao elenco do time principal… Se vão jogar, depende de Luis. Creio que serão muito úteis”, afirmou o diretor esportivo, Andoni Zubizarreta.

“Ainda não temos novidade [sobre Bojan], quando tivermos, falaremos para vocês”, seguiu o dirigente.

7 – Por que Luis Enrique?

Bartomeu falou sobre a escolha do novo técnico e também disse que a saída de Gerardo Martino não só já estava acertada como fora pedida pelo próprio argentino.

“Faz dias que ‘Tata’ nos comunicou que sua intenção era a de não continuar. Então, a partir tínhamos que respeitar a sua decisão e começar a pensar na temporada seguinte.”

“Porque é um técnico que conhece nossa forma de jogar, nossa filosofia. Está plenamente capacitado para dirigir o Barcelona e está à altura deste desafio. Luis é destas pessoas que se atrevem com os desafios.”

8 – Guardiola x Simeone

Luis Enrique também foi perguntado sobre com qual dos dois técnicos se parece, com o do Bayern de Munique, que já fez o Barcelona o melhor time do mundo, ou com Diego Simeone, comandante do Atlético de Madri campeão espanhol e finalista da Uefa Champions League.

“Sim, falei com ele [Guardiola, após acertar como técnico do Barcelona]. Somos amigos, nossas mulheres têm contato… Eu gostaria de parecer com os dois, mas pareço com o Luis Enrique, uma versão mais simples

9 – Ser técnico é…

Para Luis Enrique, a missão do comandante de um grupo de futebol vai além do campo, tem a ver também com a questão pessoal.

“Um treinador de futebol, mais que um treinador, é um líder. E não falo só de conhecimentos técnicos ou táticos, mas do poder de retaurar um grupo, de motivação, de conversar com os jogadores, de ajudá-los…”

10 – Degrau mais alto

Após comandar Barcelona B, Roma e Celta, Luis Enrique sabe que viverá a partir de agora seu maior teste como treinador.

“O Barcelona me proporciona a chance de ganhar títulos, vejamos se estou à altura.”

*As informações são do ESPN

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*