24 de novembro de 2017 09:50

Robinho é condenado a 9 anos de prisão

Acusação é por “violência sexual em grupo”

Por Redação

O atacante Robinho, do Atlético-MG, foi condenado a nove anos de prisão, na Itália, por “violência sexual em grupo” pela nona seção do Tribunal de Milão, nesta quinta-feira (23).

O episódio ocorreu em 2013, em Milão, quando o jogador estava no Milan. O crime teria acontecido em conjunto com outros cinco homens, e a mulher seria de origem albanesa.

Segundo o jornal italiano “Corriere dello Sport”, os dois se conheceram durante um jantar, onde o Rei das Pedaladas estava acompanhado da esposa. O estupro teria sido nessa mesma noite.

Em 2014, quando a história veio a público pela imprensa italiana, Robinho negou todas as acusações por meio de uma nota oficial.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*