07 de fevereiro de 2011 09:56

Sul-Americano: Brasil tropeça diante da Argentina

Sele

Por Adriana Lopes
Sul-Americano: Brasil tropeça diante da Argentina
Argentinos comemoram vitória sobre o Brasil (Foto: CrisBouruncle/AFP).

Os duelos entre Brasil e Argentina são sempre emocionantes e com a Seleção Sub-20 não poderia ser diferente.  Mas desta vez, quem se deu melhor foram os Hermanos, que derrotaram o Brasil por 2 a 1, no domingo (06/02), no Estádio Monumental de Unsa, pelo Campeonato Sul-Americano Sub-20.

O primeiro gol argentino saiu aos oito minutos iniciais, após sofrer um pênalti que levou à expulsão do zagueiro Juan.  Minutos antes, Bruno Uvini saiu machucado, e o técnico Ney Franco teve que fazer duas substituições para equilibrar a defesa brasileira.

Com o gol, a Argentina ganhou ainda mais confiança, enquanto o Brasil tentava o empate com um jogador a menos e a desvantagem no placar, não foi fácil.

Neymar até que tentou, mas criou poucas chances claras de gol. O empate veio aos dez minutos do segundo tempo, com Willian José, mas o jogador acabou saindo de campo machucado e a Argentina aproveitou para abrir vantagem no placar novamente, aos 23 minutos, com Iturbe.

Os minutos finais do jogo foram marcados por muita tensão, faltas e um cartão amarelo para Neymar, que não poderá disputar a próxima partida contra o Equador, na madrugada de quinta-feira (10/02).

Com a derrota, o Brasil perdeu a liderança do hexagonal final com seis pontos, um a menos que o Uruguai. A Argentina soma a mesma pontuação, mas fica em terceiro pelo saldo de gols.

Brasil 1 x 2 Argentina

Gols
Brasil: Willian José, aos 10min do segundo tempo

Argentina: Funes Mori, aos 8min do primeiro tempo, e Iturbe, aos 23min do segundo tempo

Brasil: Gabriel; Danilo, Bruno Uvini (Saimon), Juan e Alex Sandro; Casemiro e Fernando; Oscar (Romário), Lucas e Neymar; Willian José (Diego Maurício). Técnico: Ney Franco

Argentina: Andrada; Nervo, Pezella, Zuculini (Cirigliano) e Tagliafico; Battaglia, Rodríguez, Martínez e González; Iturbe (Díaz) e Funes Mori (Facundo Ferreyra). Técnico: Walter Perazzo

Cartões amarelos
Brasil: Alex Sandro, Neymar e Romário
Argentina: Zuculini e Tagliafico

Cartão vermelho
Brasil: Juan

Árbitro e assistentes
Wilmar Roldán (COL); Francisco Mondría (CHI) e Rodney Aquino (PAR)

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*