02 de outubro de 2013 14:08

Anderson descarta de vez superluta com Jon Jones: ‘Não gosto dessa história’

‘Spider’ sonha todos os dias com uma luta com o boxeador Roy Jones Jr

Por Redação

Se Anderson Silva nunca gostou muito da ideia de fazer superlutas, após ser nocauteado por Chris Weidman em sua categoria e perder o cinturão dos médios, um possível combate com Jon Jones está cada vez menos provável no UFC.

O campeão dos meio-pesados chegou a declarar que basta Anderson vencer Weidman em 28 de dezembro, que a superluta tem tudo para acontecer. Porém, logo depois o discurso de Jones se alinhou com o de ‘Spider’ e ambos consideraram os desafios entre categorias uma ‘idiotice’.A única superluta que parece encher os olhos de Anderson Silva seria um confronto de boxe com o campeão mundial da modalidade em quatro categorias diferentes, Roy Jones Jr. Durante evento promocional do UFC 168, realizado no Rio de Janeiro, no último domingo (29), ‘Spider’ explicou a ‘obsessão’ pelo boxer americano.

“Lembro quando eu conversava com o meu pai e eu dizia que queria muito enfrentar o Roy Jones Jr. sempre tive esse desejo pessoal. É Claro que o boxe é um esporte diferente do MMA, mas eu acordo todos os dias sonhando com o Roy Jones Jr, as vezes que estou nocauteando ou tomando um nocaute dele”, declarou o ex-campeão.

Para White, Anderson está sonhando com o Jones errado

Quem não ficou nada satisfeito com o ‘sonho’ de Anderson foi o presidente do UFC, Dana White, que no mesmo evento falou sobre o assunto sem rodeios.

“Gostaria que o Anderson falasse de outro Jones e não do boxeador Roy Jones Jr. Seria melhor que ele falasse do Jon Jones. Eu sempre sonhei com lutas entre os melhores atletas do UFC: Jon Jones, St-Pierre e Anderson. É claro que eu tenho vontade de casar essas lutas para saber quem é o melhor lutador do planeta”, decretou.

Ex-campeão dos médios, Anderson já foi o melhor lutador peso por peso do planeta e, caso vença Chris Weidman e retome o cinturão, a pressão para enfrentar Jon Jones voltará a fazer parte da rotina de Silva. Mas a ideia parece não agradar ao peso médio.

“Eu não acho legal essa ideia, na minha academia tem vários caras do peso do Jon Jones e eu não tenho interesse em enfrentá-lo. No caso do Georges St-Pierre ele já manifestou que não tem interesse em me enfrentar. Eu não tenho intenção de fazer uma superluta com o Jon Jones e não gosto dessa história”, encerrou Anderson.

*As informações são da Ag. Fight

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*