25 de agosto de 2013 13:40

Campanha para atualizar caderneta de vacinação reúne 350 mil profissionais de saúde

Vacinas para hepatite B, febre amarela e rubéola são algumas das oferecidas

Por Redação

Começou ontem (24), o dia de mobilização nacional da campanha para atualizar a caderneta de vacinação das crianças menores de cinco anos com todas as vacinas básicas disponíveis. O alerta para os pais é que a criança que não completar o esquema de cada vacina, não fica totalmente protegida.

A ação é uma parceria do Ministério da Saúde com as Secretarias estaduais e municipais de Saúde. A campanha, que segue até o próximo dia 30, conta com auxílio de 34 mil postos fixos de vacinação, além dos volantes, e 350 mil profissionais de saúde.

É importante que os pais estejam com a caderneta de vacinação ao levar a criança. Mesmo que não tenham o documento, os responsáveis não devem deixar de participar da ação. Caso não haja no posto, registro de quando a criança recebeu a última vacina, serão seguidos os protocolos de atualização de acordo com a faixa etária.

As vacinas que estarão disponíveis nos postos são: BCG, hepatite B, penta, inativada poliomielite (VIP), oral poliomielite (VOP), rotavírus, pneumocócica 10-valente, meningocócica C conjugada, febre amarela, tríplice viral (sarampo, rubéola, e caxumba) e DTP (difteria, tétano e coqueluche).

As crianças com idade entre seis e cinco anos (incompletos) que moram nas regiões Norte e Nordeste e em municípios prioritários do Plano Brasil sem Miséria poderão receber também a suplementação da vitamina A. O complemento contribui para reduzir o risco de morte por diarreia e ajuda no desenvolvimento das crianças.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*