23 de agosto de 2010 14:02

Câncer no pênis pode provocar amputação

Doen

Por Jordânia Ferreira

CampanhaA Secretaria Estadual de Saúde de São Paulo revelou que as complicações com o câncer de pênis podem causar a amputação do órgão, se não for diagnosticado cedo. Relacionada à falta de higiene, a doença atinge 2% da população masculina no Brasil.

Entre os sintomas do câncer estão úlceras e diversas feridas que podem ser confundidas com patologias sexualmente transmissíveis. Isso pode conduzir a automedicação, e na procura tardia por atendimento médico, o que agrava a doença.

Informações da Secretaria de Saúde revelam que em 80% dos casos de diagnósticos realizados em estágio avançado da doença, a amputação total do pênis é a solução mais segura. Portanto, uma detecção precoce do câncer pode impedir mutilações e fazer com que o paciente mantenha uma vida sexual ativa, livre do tumor.

Conforme dados da Sociedade Brasileira de Urologia, o tumor maligno no pênis apresenta índices de até 10% nas regiões Norte e Nordeste.

De acordo com o urologista do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, Alexandre Crippa, a prevenção da doença é feita por meio de uma higienização adequada com a utilização de água e sabão. Ainda segundo Crippa, a fimose precisa ser tratada porque pode impedir a limpeza correta do pênis, podendo levar a agressões químicas e traumas que desencadeiam o câncer.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*