03 de janeiro de 2017 11:55

Casos de chikungunya devem voltar a subir

Previsão é de especialistas do Ministério da Saúde

Por Redação

Os casos de dengue e Zika no Brasil devem permanecer estáveis neste ano em relação a 2016, enquanto as infecções por chikungunya podem aumentar ainda mais. A previsão
é de especialistas do Ministério da Saúde.

Segundo a pasta, em 2016, foram registrados 1,4 milhão de casos de dengue contra 1,6 milhão no ano anterior, além de 211 mil casos prováveis de infecção por Zika.

Em relação à chikungunya, os dados apontam para 263 mil casos em 2016 contra 36 mil no ano anterior – um aumento de cerca de 620%.

“O mosquito pica alguém, recebe o vírus e passa para outra pessoa. Como cresceu o número de pessoas que têm [vírus], entendemos que haverá uma ampliação [dos casos]”, explicou o ministro da Saúde, Ricardo Barros.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*