28 de julho de 2014 09:09

Criança come menos quando percebe que alimento é saudável, diz estudo

Estudiosos recomendam que os pais se concentrem na experiência positiva de comer determinado alimento

Por Redação

Falar para os filhos que tal alimento faz bem, é menos provável que ele o coma, segundo estudo da Northwestern University, em Illinois. Para tal conclusão, pesquisadores leram uma história para crianças entre três e cinco anos, sobre uma menina que comia como lanche bolachas de água e sal e cenouras.

Para o primeiro grupo, foi dito que estes alimentos a fizeram ficar mais forte e a ajudaram a aprender a contar, enquanto que o segundo grupo não foi informado sobre nenhum benefício.

Após as informações, foi oferecido o mesmo lanche às crianças. O grupo que não recebeu nenhuma mensagem comeu mais, analisaram os cientistas. Isto porque a informação dá a ideia de que algo saudável deve ter o gosto ruim, sendo assim, é melhor servir o alimento sem fazer comentário.

Os estudiosos recomendam que os pais se concentrem na experiência positiva de comer determinado alimento. Os resultados podem também ajudar os especialistas da área da saúde no combate da obesidade infantil e das diabetes.

 

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*