13 de janeiro de 2017 14:43

MG decreta situação de emergência por surto de febre amarela

No estado, 30 pessoas morreram com sintomas da doença neste ano

Por Redação

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, decretou nesta sexta-feira (13) situação de emergência em saúde pública nas áreas do estado onde há surto de febre amarela.

O decreto abrange 152 cidades no entorno de Coronel Fabriciano, Governador Valadares, na Região Leste, Manhumirim, na Zona da Mata, e Teófilo Otoni, no Vale do Jequitinhonha e Mucuri.

A situação de emergência autoriza a adoção de medidas administrativas para conter a doença e agiliza processos para a aquisição pública de insumos e materiais e a contratação de serviços necessários, dispensando licitação em alguns casos. Também fica permitida a contratação de funcionários temporários para ações exclusivas de combate à febre amarela.

Em Minas, 30 pessoas morreram com sintomas da doença neste ano. Deste total, 10 mortes são consideradas prováveis, pois os pacientes tiveram exame laboratorial preliminar positivo.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*