17 de janeiro de 2017 08:20

Agentes penitenciários do RJ fazem paralisação

Eles reivindicam pagamento de salário e melhoria das condições de trabalho

Por Redação

Policiais civis do Rio de Janeiro deram início a uma paralisação a partir desta terça-feira (17). Em assembleia realizada na noite dessa segunda (16), ficou decidido que os oficiais vão suspender o funcionamento das delegacias distritais e especializadas, postos regionais de Polícia Técnica e unidades administrativas por um prazo de 72 horas.

Eles reivindicam o pagamento do salário de dezembro, ainda não quitado integralmente, além do 13º salário de 2016, do Regime Adicional de Serviço (RAS) e da bonificação por metas atingidas no segundo semestre de 2015.

“Ninguém está querendo, com uma greve, prejudicar a população, mas, infelizmente, o governo do estado só entende dessa forma”, disse a presidente da Associação dos Peritos Oficiais do Estado do Rio de Janeiro (Aperj), perita criminal Denise Rivera.

Em nota, a Aperj afirmou que os peritos oficiais se encontram ainda “sob a ameaça” de ter os direitos suprimidos, “com redução de 20% do salário, perda dos triênios e da incorporação da GDL (Gratificação Delegacia Legal), prevista para este mês. Do mesmo modo, destaca que as pensionistas “que dependem do Estado e estão sem receber desde outubro, sobrevivem graças à solidariedade de parentes ou outros funcionários que não foram atingidos pela crise do Estado”.

Caso as reivindicações não sejam atendidas, a categoria deve entrar em greve. Sendo assim, apenas 30% do efetivo deve permanecer em atividade para atendimento de serviços considerados essenciais, como prisões em flagrante, cumprimento de mandados de prisão, registros de ocorrências como sequestro, estupro e homicídio.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*