07 de janeiro de 2011 10:06

PR-BA abre Inquérito Federal para coibir possíveis grupos de extermínio

O procurador Dom

Por Ivana Flores
PR-BA abre inquérito para nvestigar denúncia de grupo de extermínio.

A partir de denúncias através da imprensa, a Procuradoria da República da Bahia (PR-BA) instaurou inquérito civil público para investigar as denúncias de que, supostamente, haja policiais militares envolvidos em grupos de extermínio.

O responsável pelas investigações, o procurador Domênico D´Andrea Neto, cobra explicações dos órgãos competentes, como o órgão dos Direitos Humanos, acerca do que tem sido feito para impedir a execução de jovens, principalmente, negros.

Mesmo que não haja dados oficiais sobre esses assassinatos, alguns movimentos sociais, como o Movimento Negro Unificado (MNU), têm feito denúncias sobre a matança desses jovens por “esquadrões da morte”.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*