21 de maio de 2014 08:00

Rodoviários mantêm paralisação em SP

Boa parte da categoria não aprova o acordo da campanha salarial deste ano

Por Redação

A greve dos rodoviários de São Paulo continua e ao menos 12 garagens foram bloqueadas na manhã desta quarta-feira (21). Motoristas e cobradores pedem reajuste salarial e melhores condições de trabalho.

O Terminal Lapa, na zona oeste da capital paulista, foi bloqueado em meio aos protestos. Na zona sul, oito ônibus interditaram a avenida Guarapiranga, mas a via foi desbloqueada por volta das 6h.

Segundo a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET), mesmo com os atos de boa parte da categoria, o rodízio de veículos seguia normalmente na cidade até as 6h10 de hoje.

Nessa terça-feira, a manifestação dos motoristas paralisou pelo menos 15 terminais na capital. A São Paulo Transporte (SPTrans) informou que sindicalistas promoveram o protesto e interromperam a circulação de veículos nos terminais Barra Funda, Expresso Tiradentes, Pinheiros, Lapa, Pirituba, Princesa Isabel, Amaral Gurgel, Sacomã, Bandeira, Casa Verde, Santana, Cachoeirinha, Butantã, Parque Dom Pedro e Varginha.

A direção do Sindicato dos Motoristas de São Paulo informou em comunicado que foi surpreendida com as manifestações realizadas por alguns trabalhadores que não aprovam o acordo da campanha salarial deste ano.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*