07 de dezembro de 2017 15:18

Juiz pede prisão de Cristina Kirchner

Senadora é acusada de acobertar suspeitos de terrorismo

Por Redação

Um juiz pediu, nesta quinta-feira (7), a prisão da ex-presidente da Argentina, Cristina Kirchner, sob acusação de acobertar criminosos iranianos envolvidos no atentado contra a Associação Mutual Israelita Argentina (Amia).

Agora, o pedido de prisão preventiva pelo risco de “atrapalhar as investigações” precisa ser levado para ao Senado, que analisará a remoção ou não da imunidade parlamentar da atual senadora.

A ordem de prisão ocorre no mesmo dia em que a polícia prendeu o ex-secretário de Kirchner durante a Presidência Carlos Zanini e o ex-líder peronista Luis D’Elia pelas mesmas razões apresentadas na ação contra a atual senadora.

Kirchner nega as acusações e diz que o governo de Mauricio Macri usa o Poder Judiciário para perseguir opositores.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*