09 de outubro de 2013 10:16

Tribunal egípcio marca julgamento de presidente deposto Mursi para novembro

Juiz diz que presidente e integrantes da irmandade são indiciados por tortura e assassinato

Por Maísa Correia

Foi marcado por um tribunal egípcio, nesta quarta-feira, 9, a data para sessão de julgamento do ex-presidente Mohamed Mursi.

No dia 04 novembro, o presidente deposto e outros líderes da Irmandade Muçulmana serão julgados sob acusações de incitação à violência.

O juiz Nabil Saleeb disse que Mursi, que foi deposto pelo Exército em julho, e membros da Irmandade foram indiciados porque “incitaram a morte e a tortura de manifestantes em frente ao palácio (presidencial) Etihadeya”.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*