27 de abril de 2016 17:08

Aécio e Temer discutem “agenda emergencial” para o país

Medidas seriam adotadas caso Dilma seja afastada

Por Redação

Em reunião com o vice-presidente Michel Temer, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) afirmou que eles discutiram sobre uma agenda emergencial para o país, a ser adotada caso a presidente Dilma Rousseff seja afastada. O processo de impeachment está em andamento no Senado.

O parlamentar afirmou preferir que qualquer apoio de seu partido a um eventual governo Temer se restrinja ao Congresso, mas não descartou a possibilidade de que quadros tucanos ocupem ministérios, caso o vice se torne presidente.

“Se ele [Temer] procurar cargos no PSDB, reitero que não vamos criar dificuldades para que forme um governo de qualidade, mas não condicionamos, em nenhum momento, o apoio a essa agenda emergencial para o Brasil a uma participação no governo”, disse. “Não vamos vetar nomes”, acrescentou.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*