01 de abril de 2017 09:58

Delator diz que Pezão participou de esquema de propina no TCE-RJ

Após delação, a PF prendeu cinco dos sete conselheiros

Por Redação

Em delação premiada, o ex-presidente do Tribunal de Contas do Estado do Rio, Jonas Lopes, afirmou que governador do estado, Luiz Fernando Pezão (PMDB), tinha conhecimento e participou de reuniões para debater um esquema de propina com conselheiros do TCE-RJ.

Ainda segundo Jonas, um encontro para discutir a arrecadação do dinheiro ocorreu em 2013, na casa do próprio Pezão, e o outro em 2015, no Palácio Guanabara, já com Pezão à frente do governo estadual.

Após a delação, a Polícia Federal prendeu na quarta-feira (29) cinco dos sete conselheiros do TCE-RJ: Domingos Inácio Brazão, Marco Antônio de Alencar, José Nolasco, José Gomes Graciosa e Aloysio Neves Guedes, atual presidente do Tribunal de Contas.

Na última quinta-feira (30), o TRE-RJ rejeitou recurso e manteve a cassação da chapa de Pezão e do vice, Francisco Dornelles, por conta de abuso de poder político e econômico, visto que a Justiça considerou que o Estado do Rio ofereceu benefícios financeiros a empresas em troca de doações de campanha.

Ainda cabe recurso no TSE para que a cassação seja confirmada oficialmente.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*