30 de janeiro de 2017 11:13

Eike Batista é preso pela Polícia Federal

Empresário chegou de Nova York nesta segunda-feira (10)

Por Redação

Assim que desembarcou no Aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão, no Rio, nesta segunda-feira (10), o empresário Eike Batista foi detido pela Polícia Federal.

O proprietário do grupo EBX é suspeito de lavagem de dinheiro em um esquema de corrupção que também envolve o ex-governador do Rio Sérgio Cabral.

O empresário e o executivo Flávio Godinho, seu braço direito no grupo EBX e vice-presidente do Flamengo, são acusados de terem pago US$ 16,5 milhões a Cabral em troca de benefícios em obras e negócios do grupo, usando uma conta fora do país. Os três também são suspeitos de terem obstruído as investigações.

Na quinta-feira (26), a PF tentou prender Eike em casa, no Rio, mas ele não estava lá. Os advogados informaram que ele havia viajado a trabalho para Nova York e que voltaria ao Brasil para se entregar.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*