20 de maio de 2016 14:09

Em nota, Lula diz que ‘sempre atuou dentro da lei’

Para ex-presidente, ele foi alvo de uma “devassa” por parte dos procuradores

Por Redação

Em nota, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva comentou sobre a Operação Janus deflagrada nesta sexta-feira pela Polícia Federal e que teve como alvo o sobrinho de sua primeira mulher, Taiguara Rodrigues dos Santos.

Lula diz que foi alvo de uma “devassa” por parte dos procuradores da República e que nada contra ele foi encontrado.

“Há mais de um ano alguns procuradores da República no Distrito Federal tentam, sem nenhum resultado, apontar ilegalidades na conduta do ex-presidente Lula”, diz comunicado assinado pelo Instituto Lula.

Ainda segundo a nota, a investigação foi aberta a partir de “ilações fantasiosas” e “transformou-se em verdadeira devassa sobre a contabilidade do Instituto Lula, da empresa LILS Palestras e sobre as contas do ex-presidente”.

“Os procuradores vasculharam as viagens internacionais de Lula, quem o acompanhou, os hotéis em que se hospedou, com quem ele conversou no exterior”, alega o Instituto.

.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*