21 de fevereiro de 2017 08:01

Empresa ligada a Padilha é alvo de investigação

Explorer Call Center teria recebido cerca de R$ 13 milhões de estatal

Por Redação

A empresa Explorer Call Center, ligada ao ministro da Casa Civil Eliseu Padilha, é alvo de investigação do Tribunal de Contas do Estado do Rio Grande do Sul (TCE-RS). A empresa teria recebido cerca de R$ 13 milhões da estatal Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), mas a operação teria apresentado irregularidades.

Auditorias realizadas pelo TCE-RS apontam para pagamento de serviços que não chegaram a ser prestados e a demora para que uma nova licitação fosse realizada por parte da empresa pública.

A Corsan é a empresa pública responsável pelo fornecimento de água e esgoto em 316 municípios do Rio Grande do Sul. Já a Explorer Call Center, aberta em 2009, funciona em um prédio que pertence a uma empresa que tem Eliseu Padilha e Simone Camargo, sua esposa, como sócios.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*