21 de novembro de 2017 09:35

Ex-gerente da Transpetro é preso na Lava Jato

José Antônio de Jesus e familiares são suspeitos de receber propina

Por Redação

O ex-gerente da Transpetro, José Antonio de Jesus foi preso temporariamente, nesta terça-feira (21), em Camaçari, na Bahia, durante a 47ª fase da Operação Lava Jato. Foram expedidos 14 mandados judiciais na Bahia, Sergipe, Santa Catarina e São Paulo.

O ex-gerente e parentes são suspeitos de negociar o recebimento de R$ 7 milhões em propinas pagas por empresa de engenharia. Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o valor foi pago mensalmente em benefício do Partido dos Trabalhadores (PT). A quantia teria sido recebida entre setembro de 2009 e março de 2014.

De acordo com o MPF, as investigações começaram após a colaboração premiada dos executivos da empresa investigada. Conforme os procuradores, há provas que indicam que o ex-gerente recebeu suborno para favorecer a empresa em contratos com a Transpetro.

Os crimes investigados na operação são corrupção, lavagem de dinheiro, entre outros.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*