23 de novembro de 2010 11:58

IPCA-15 registrou variação de 86% em novembro

IBGE divulgou dados preliminares do IPCA

Por Jordânia Ferreira

Alimentos teve a maior alta do IPCA-15.O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) apresentou uma variação de 0,86% em novembro, segundo os números divulgados na terça-feira (23/11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado do índice supera a taxa de outubro, que foi de 0,62%, e eleva o acumulado do ano para 5,07% e o dos últimos doze meses para 5,47%. Em novembro de 2009, o IPCA-15, havia sido de 0,44%.

De acordo com o IBGE, o grupo alimentação e bebidas foi o responsável, em novembro, pela elevação do índice. A alta nesse grupo atingiu 2,11%, com destaque para o preço da carne.

Outro destaque na inflação medida pelo IPCA-15 ficou por conta dos combustíveis, com uma alta de 2,22%. O litro do etanol teve variação de 6,75%, na média das 11 regiões pesquisadas.

A região metropolitana de Salvador foi a que registrou maior variação do IPCA-15 em novembro, com 1,45%. O menor índice foi o de Porto Alegre (0,58%). Em São Paulo, a taxa foi de 0,82% e no Rio de Janeiro, de 0,71%.

O IPCA-15 é uma prévia do IPCA, usado pelo governo para fixar as metas de inflação. Ele é um indicador que mede a inflação para famílias com rendimento mensal entre 1 e 40 salários mínimos, residentes nas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Salvador, Recife, Fortaleza e Belém, além do Distrito Federal e do município de Goiânia.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*