10 de setembro de 2017 14:42

Joesley e Saud são presos em São Paulo

Executivos se apresentaram à PF neste domingo

Por Redação

O dono da JBS, Joesley Batista, e o executivo da empresa, Ricardo Saud, se apresentaram à Polícia Federal neste domingo (10) e estão presos na sede da PF na Zona Oeste de São Paulo, após o relator da Operação Lava Jato no Supremo Tribunal Federal (STF), Edson Fachin, acatar os pedidos de prisão.

O pedido ao STF foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, na última sexta-feira (8). Além dos executivos, Janot pediu a presião do ex-procurador da República Marcelo Miller.

Com a autorização de prisão pelo relator, o acordo de delação premiada firmado entre a JBS e a Procuradoria-Geral da República deve ser rescindido. Isto porque o termo de delação prevê que o acordo perderá efeito se, por exemplo, o colaborador mentiu ou omitiu, se sonegou ou destruiu provas.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*