17 de abril de 2013 17:00

Kassab quer vetar criação de novos partidos

O ex-prefeito de SP está temeroso com a possível desidratação da sua sigla, o PSD

Por Leonardo Simões

O ex-prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (PSD), se movimenta internamente para proibir a criação de novos partidos. O PSD, legenda recém-criada por ele, dispõe de parecer jurídico segundo o qual deputados que se filiarem ao partido resultante da fusão entre PPS e PMN têm de perder os mandatos.

A resolução 22.610 do Tribunal Superior Eleitoral deixa claro que, devido a fusão, parlamentares filiados podem deixar uma legenda sem sofrer punição, “mas não pode ser janela para inflar partidos”.

O temor de Kassab é que a Mobilização Democrática, partido criado da união do PPS e do PMN, desidrate o PSD. Especula-se que pelo menos 15 dos 48 deputados abandonariam seu partido.

Já o PSB trabalha com outro estilo, pois ele está interessado justamente no contrário, e com isso disse que vai recorrer ao Supremo Tribunal Federal, caso ela seja aprovada. O presidente da sigla, Eduardo Campos corre atrás de apoio para formatar sua campanha à Presidência em 2014, e ter expectativas de ganhar parlamentares do PSD.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*