14 de março de 2017 13:13

Lula nega acusação de tentar obstruir Lava Jato

Ex-presidente prestou depoimento na Justiça Federal nesta terça

Por Redação

Em seu primeiro depoimento na condição de réu, nesta terça-feira (14), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva negou ter atuado para impedir a delação premiada do ex-diretor da Área Internacional da Petrobras, Nestor Cerveró. Lula, que é acusado de tentar obstruir as investigações da Lava Jato, afirmou que vem sofrendo “quase que um massacre” nos últimos três anos.

“Você não sabem o que é acordar todo dia com medo de a imprensa estar na sua porta, achando que você vai ser preso”, disse.

O ex-presidente negou conhecer pessoalmente Cerveró e disse não ter interesse no depoimento do ex-diretor. “Só tem um brasileiro que poderia ter medo da delação do Cerveró, que é o Delcídio. Eu não tive nenhuma preocupação com depoimento de nenhum diretor da Petrobras”, disse ao juiz Ricardo Soares Leite, da 10ª Vara Federal de Brasília.

Em relação as reuniões que manteve com o ex-senador na sede do Instituto Lula, em São Paulo, ele afirmou ter tido “muitas reuniões com o Delcídio”. “Ele era senador da República, líder do governo, houve várias reuniões em Brasília e em São Paulo. Ele esteve no Instituto Lula várias vezes”, contou.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*