04 de setembro de 2012 14:44

Mensalão: presidente do STF diz que não espera empate no mensalão

Com a aposentadoria de Cezar Peluso, Supremo ficou com apenas dez ministros

Por Edvaldo Júnior

Nesta terça-feira (4), o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Carlos Ayres Britto, disse que não espera que no julgamento do mensalão tenha empate em votação, mesmo com apenas dez ministros votando.

Após a aposentadoria compulsória Do ministro Cezar Peluso, nasceu a hipótese de um possível empate. Peluso só participou do primeiro voto do julgamento, pela condenação dos cinco primeiros réus por desvios de recursos públicos.

O resto do julgamento será feito por dez ministros, o que permite empate numérico. Mas Ayres Brito se mantém confiante. “Nem cogito isso [empate]”.

Quando questionado sobre qual o entendimento do Supremo em relação a empates em ações penais, como é o caso do mensalão, o presidente do tribunal desconversou.

“Não discutimos isso. É uma pergunta sem resposta. Temos que interpretar corretamente o regimento”, afirmou.

 

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*