20 de julho de 2017 14:09

Moro marca segundo interrogatório de Lula para setembro

Depoimento deverá ser prestado por videoconferência

Por Redação

O juiz Sérgio Moro agendou para 13 de setembro, às 14h, o interrogatório do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sobre a compra de um terreno e um apartamento em São Bernardo do Campo. Esse será o segundo depoimento do petista em uma ação da Lava Jato.

Segundo anúncio feito nesta quinta-feira (20), o interrogatório deverá ser prestado por videoconferência para evitar os gastos públicos com a segurança do ex-presidente. A defesa do ex-mandatário tem cinco dias para se manifestar sobre o pedido.

“Considerando o havido no interrogatório de Luiz Inácio Lula da Silva na ação penal que acabou envolvendo gastos necessários, mas indesejáveis de recursos públicos com medidas de segurança, diga a Defesa respectiva, em cinco dias, se tem objeções à realização de novo interrogatório do acusado em questão por videoconferência com a Justiça Federal de São Paulo”, escreveu o juiz.

Lula é acusado de ter recebido o terreno e o apartamento como um pagamento de propina da Odebrecht por contratos obtidos com a Petrobras. No terreno seria construída a nova sede do Instituto Lula enquanto o apartamento é vizinho àquele onde o ex-presidente mora.

A acusação é de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, em uma negociação de R$ 13 milhões.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*