25 de setembro de 2017 08:25

MP-SP rejeita acordo com a Odebrecht

Caso envolveria um suposto esquema de propina

Por Redação

O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) não aceitou fechar acordo com a Odebrecht para receber provas de um suposto esquema de propina, informou a edição desta segunda-feira (25) do jornal Folha de S. Paulo.

Ainda segundo a publicação, pelo menos 10 promotores paulistas são contrários a um possível tratado com a construtora.

O suposto caso envolveria o pagamento de dinheiro ilícito em contratos com o Metrô, CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), DER (Departamento de Estradas de Rodagem) e Dersa. As irregularidades teriam sido cometidas por membros dos governos estaduais de José Serra e Geraldo Alckmin. A gestão de Gilberto Kassab na Prefeitura de SP também teria se envolvido no esquema.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*