10 de fevereiro de 2017 12:46

MPF denuncia Eike, Cabral e mais sete

Penas máximas do ex-governador e empresário podem chegar a 44 e 50 anos

Por Redação

O Ministério Público Federal (MPF) aceitou denúncia contra o empresário Eike Batista, o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral e mais sete pessoas, por corrupção e lavagem de dinheiro.

Essa é a primeira denúncia no âmbito da operação Eficiência, um desdobramento da Lava Jato no Rio.

A força-tarefa da Lava Jato no Rio informou que as penas máximas de Cabral e Eike podem chegar a 44 e 50 anos de prisão, respectivamente. Eike é suspeito de ter pago US$ 16,5 milhões em propinas para o peemedebista.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*