25 de julho de 2017 15:43

MPF pede condenação de Adriana Ancelmo

Órgão entrou com recurso contra sentença do juiz Sérgio Moro

Por Redação

O Ministério Público Federal (MPF) entrou com recurso nessa segunda-feira (24) contra a sentença do juiz Sérgio Moro que absolveu a mulher do ex-governador do Rio Sérgio Cabral, Adriana Ancelmo. O recurso deve ser encaminhado para o Tribunal Regional Federal da 4ª Região, em Porto Alegre.

Ancelmo foi absolvida dos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo que apurou o pagamento de propina a Sérgio Cabral e mais quatro pessoas a partir em contrato da Petrobras com o Consórcio Terraplanagem Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro (Comperj), formado pelas empreiteiras Andrade Gutierrez, Odebrecht e Queiroz Galvão.

Moro afirmou que não havia prova suficiente contra Adriana nas irregularidades. Já os procuradores pedem a condenação da ex-primeira-dama do Rio por 47 crimes de lavagem de dinheiro e por receber parte da propina paga.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*