28 de abril de 2017 08:00

País amanhece com manifestações e sem transporte

Protesto é contra as reformas trabalhista e da Previdência

Por Redação

Cidades em todo o País amanheceram com vias bloqueadas nesta sexta-feira (28), em razão da greve geral contra as reformas trabalhista e da Previdência e a Lei da Terceirização.

A paralisação, acordada por meio de assembleias, foi convocada por centrais sindicais e movimentos sociais, após a Câmara aprovar a reforma trabalhista na quarta-feira. A greve e as manifestações afetaram, sobretudo, os serviços de transporte coletivo, aeroportos e escolas.

Rodoviários, metroviários, bancários, professores da rede pública e privada, servidores administrativos do governo do DF e do Departamento de Trânsito (Detran), além de técnicos e professores da Universidade de Brasília (UnB) paralisaram suas atividades, segundo a Central Única dos Trabalhadores (CUT).

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*