24 de janeiro de 2017 15:25

PF aponta pagamentos irregulares da chapa Dilma-Temer

Segundo relatório, dinheiro foi desviado para terceiros

Por Redação

Em relatório enviado para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a Polícia Federal afirma ter encontrado irregularidades em pagamentos realizados pela chapa Dilma-Temer a três gráficas na campanha eleitoral de 2014.

Segundo a PF, que pede a cassação da chapa, há elementos que comprovam que parte dos valores apresentados como pagamentos às gráficas “não foi, de fato, direcionada a essa atividade”.

Ainda de acordo com a PF, parte do dinheiro, declarado como verba de campanha, foi desviado para pessoas físicas e jurídicas “em benefício próprio ou de terceiros”.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*