05 de outubro de 2017 08:37

PF prende Carlos Arthur Nuzman, presidente do COB

Eles serão indiciados por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa

Por Redação

A Polícia Federal (PF) prendeu nesta quinta-feira (5), no Rio, o presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê Rio 2016, Carlos Arthur Nuzman. Medida ocorreu pela suposta participação em uma operação de compra de jurados para a escolha da capital fluminense como sede dos Jogos Olímpicos de 2016.

Policiais federais cumprem dois mandados de prisão temporária e seis mandados de busca e apreensão na cidade, expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

A operação, um desdobramento da Operação Unfair Play- Segundo Tempo, é realizada em conjunto com o Ministério Público Federal e foi deflagrada em continuidade às investigações sobre a escolha do Rio pelo Comitê Olímpico Internacional como sede das Olimpíadas de 2016.

Entre os alvos da Operação estão Carlos Arthur Nuzman e o diretor-geral de operações do Comitê Rio 2016, Leonardo Gryner, que também foi preso.

Eles serão indiciados por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*