29 de março de 2017 08:27

PF prende cinco conselheiros do TCE-RJ

O presidente da Alerj, Jorge Picciani, é alvo de condução coercitiva

Por Redação

A Polícia Federal cumpre nesta quarta-feira (29) mandados de prisão temporária contra cinco dos sete conselheiros e um ex-conselheiro do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro. O presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), Jorge Picciani (PMDB), é alvo de mandado de condução coercitiva, quando o investigado é levado a depor obrigatoriamente.

São alvos de pedidos de prisão os conselheiros Aloysio Neves, atual presidente do TCE-RJ, Domingos Brazão, José Gomes Graciosa, Marco Antônio Alencar e José Maurício Nolasco.

As medidas são parte da Operação Quinto do Ouro, que investiga desvios para favorecer membros do Tribunal de Contas e da Alerj, e têm como base as delações de Jonas Lopes, ex-presidente do TCE-RJ, e de outro investigado. Ambos fecharam um acordo de colaboração premiada com a Procuradoria Geral da República.

Segundo a PF, os alvos são suspeitos de fazer parte de um esquema de propina que pode ter desviado até 20% de contratos com órgãos públicos para autoridades públicas, sobretudo membros do Tribunal de Contas do Rio de Janeiro e da Assembleia Legislativa do Estado.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*