21 de setembro de 2017 13:54

Prévia da inflação fica em 0,11% em setembro

É o menor resultado para o mês desde 2006, segundo IBGE

Por Redação

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial, ficou em 0,11% em setembro. A taxa é a mais baixa em relação ao resultado de agosto, quando registrou 0,35%, e de setembro do ano passado, que ficou em 0,23%. Resultado do IPCA-15 também foi o menor para meses de setembro desde 2006 (0,05%).

Segundo dados divulgados nesta quinta-feira (21) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, o IPCA acumula taxas de 0,28% no trimestre, 1,9% no ano e 2,56% em 12 meses.

Os alimentos foram os principais responsáveis pelo recuo da inflação em setembro, com uma queda de preços de 0,94% no mês. O valor dos alimentos para consumo em casa caiu 1,54%, com destaque para o tomate (-20,94%), feijão-carioca (-11,67%), alho (-7,96%), açúcar cristal (-4,71%) e o leite longa vida (-3,83%). Já a alimentação fora de casa teve inflação de 0,14%.

Os transportes apresentaram inflação de 1,25% e foram os principais responsáveis pela alta de preços do IPCA-15 de setembro. Aumento foi influenciado pelos combustíveis (3,43%), especialmente a gasolina (3,76%) e o etanol (2,57%). As passagens aéreas também subiram 21,3%.

Também tiveram alta de preços significativa os grupos de despesas om habitação (0,26%), puxado pela inflação de água e esgoto (2,01%), e despesas pessoais (0,45%).

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*