25 de abril de 2017 08:40

Previdência: Temer exonera ministros para votarem pela reforma

Após as votações da reforma, eles retornarão para os respectivos cargos

Por Redação

O presidente Michel Temer vai exonerar temporariamente os ministros que tiverem mandato na Câmara para votarem a favor da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16, que trata da reforma da Previdência. Após as votações, previstas para a segunda semana de maio, os ministros licenciados retornarão para os respectivos Ministérios.

A intenção é de que, até a votação da reforma da Previdência em plenário, os ministros atuem juntos às bancadas no Congresso para garantir votos.

Ao todo, 14 ministros poderão ser afastados das pastas que comandam e voltar à atuação parlamentar na Câmara. Se o texto for aprovado, a exoneração deve se estender a dois outros ministros que estão licenciados do Senado.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*