18 de setembro de 2012 09:40

Queda no custo de energia para indústrias será menor que o anunciado

Dados s

Por Jordânia Ferreira

A Associação Brasileira de Grandes Consumidores Industriais de Energia e de Consumidores Livres (Abrace) informou na segunda-feira (17) que o pacote de medidas para redução da tarifa de energia, anunciado pelo Governo Federal, deve provocar uma queda de 16% no custo da energia para as grandes indústrias.

Segundo o governo, a redução no valor pago pelo consumo de energia será 16,2% para consumidores individuais e até 28% para os industriais. Mas, a Abrace avalia que os gastos com eletricidade para os grandes consumidores de energia deverão diminuir entre 9% e 16%.

A entidade explicou, conforme matéria da Agência Brasil, que para atingir a redução de até 28% prevista pelo governo, é preciso que a energia das concessões ainda por vencer também seja disponibilizada aos consumidores livres. Essa diferença, diz a Abrace, “se deve ao fato de que a energia das concessões de geração será destinada, em princípio, apenas ao mercado cativo. Já a diminuição dos custos dos consumidores livres se dará por meio do corte nos encargos e do processo de renovação das concessões de transmissão, comuns a todos os consumidores”.

A Abrace avalia que as medidas “demonstram que o governo reconheceu o problema do impacto da energia cara na competitividade da economia brasileira”, e que “o pacote permite a redução máxima de 28% para apenas 15 unidades industriais”, enquanto a maioria das fábricas compra energia por meio do mercado livre.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*