22 de maio de 2017 08:16

“Se quiserem, me derrubem”, diz Temer

Presidente voltou a negar as acusações do dono da JBS

Por Redação

Em entrevista publicada na edição desta segunda-feira (22) do jornal Folha de S. Paulo, o presidente Michel Temer voltou a negar a possibilidade de renunciar ao cargo.

Temer se defendeu das acusações após acordo de delação dos empresários Joesley e Wesley Batista, donos da JBS.

“Se quiserem, me derrubem, porque, se eu renuncio, é uma declaração de culpa”, afirmou.

Temer avalia que “foi ingênuo” ao receber Joesley e defendeu que o fato de o encontro não constar na agenda oficial não é algo ilegal.
“Não é da minha postura ao longo do tempo”, declarou.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*