20 de junho de 2017 09:00

STF julga pedido de prisão preventiva contra Aécio Neves

Senador afastado foi denunciado pelos crimes de corrupção e obstrução da Justiça

Por Redação

A Primeira Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) deve julgar nesta terça-feira (20), às 14h, pedido de prisão preventiva contra o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG).

Os ministros do colegiado vão julgar um recurso da Procuradoria-Geral da República (PGR) contra a decisão do primeiro relator do caso, ministro Edson Fachin, que rejeitou o pedido de prisão e concordou apenas com o afastamento do parlamentar do cargo.

Aécio Neves foi investigado pela Polícia Federal (PF) na Operação Patmos e denunciado ao Supremo pelos crimes de corrupção e obstrução da Justiça. Na denúncia, a PGR acusa o senador de solicitar R$ 2 milhões ao empresário Joesley Batista, um dos delatores da JBS.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*