11 de outubro de 2017 14:48

TCU bloqueia bens de Dilma e Palocci por prejuízo com Pasadena

Medida ocorreu por prejuízos de US$ 580 milhões com a compra da refinaria

Por Redação

O Tribunal de Contas da União (TCU) bloqueou nesta quarta-feira (11) os bens de ex-membros do Conselho de Administração da Petrobras, entre eles a ex-presidente Dilma Rousseff, para ressarcir a estatal por prejuízo de US$ 580 milhões causado pela compra da Refinaria de Pasadena, nos Estados Unidos, em 2006.

Também foram bloqueados os bens do ex-ministro Antônio Palocci; Claudio Luis da Silva Haddad; Fábio Colletti Barbosa; Gleuber Vieira; e do ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli. Eles podem recorrer da decisão, tanto no TCU quanto na Justiça.

O valor do bloqueio é solidário, o que significa que bens de todos ficam indisponíveis até que chegue ao valor de US$ 580 milhões.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*