19 de abril de 2016 15:55

Temer diz que vai aguardar decisão em silêncio

Declaração do vice-presidente foi a primeira após votação da Câmara

Por Redação

O vice-presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (19) que vai aguardar o Senado apreciar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff antes de se pronunciar.

“Muito silenciosa e respeitosamente, vou aguardar a decisão do Senado Federal. É o Senado que dá a última palavra sobre a matéria. Portanto, seria inadequado que eu dissesse qualquer coisa antes da solução”, declarou pela primeira vez após votação da Câmara.

O Senado vai apreciar a possibilidade de que Dilma seja afastada da Presidência por até 180 dias, antes do julgamento final do pedido de impeachment, que também será feito na Casa.

Nessa segunda-feira (18), a presidente acusou Temer de conspirar abertamente pela sua saída da Presidência. “Acredito que é importante reconhecer que é extremamente inusitado e estranho, mas sobretudo estarrecedor, que um vice-presidente no exercício de seu mandato conspire contra a presidenta abertamente. Em nenhuma democracia do mundo uma pessoa que fizesse isso seria respeitada. A sociedade não gosta de traidores. Porque cada um de nós sabe a injustiça e a dor que se sente quando se vê a traição no ato”, disse.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*