28 de novembro de 2017 14:40

Tribunal mantém bloqueio de R$ 16 milhões de Lula

Ele foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro

Por Redação

Em sessão nesta terça-feira (28), o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) negou recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para dar sequência ao mandado de segurança que solicita o desbloqueio de bens do político. Ele foi condenado a 9 anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo envolvendo o triplex em Guarujá.

Além do bloqueio de R$ 16 milhões, estabelecido como dano mínimo, a Justiça determinou o sequestro do apartamento.

O ex-presidente também teve bloqueados mais de R$ 600 mil de contas bancárias e cerca de R$ 9 milhões que estavam depositados em dois planos de previdência privada.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*