26 de julho de 2017 09:19

Tribunal nega recurso de defesa de Lula

Bens do petista continuam bloqueados

Por Redação

O pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, referente à anulação do bloqueio de bens do petista, foi negado nessa terça-feira (25) pelo desembargador João Pedro Gebran Neto.

Na quinta-feira (20), um mandato de segurança emitido pelo juiz Sérgio Moro autorizou o bloqueio de bens de Lula . A decisão envolveu bloqueio de R$ 600 mil de contas bancárias do petista e cerca de R$ 9 milhões, que estavam depositados em dois planos de previdência privada.

Segundo argumento de Moro, medida foi tomada para garantir reparação dos danos recorrentes dos crimes cometidos pelo ex-presidente. O petista foi condenado a nove anos e seis meses de prisão.

O petista também teve o sequestro e arresto de dois carros, três apartamentos e um terreno localizado em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*