31 de agosto de 2011 16:38

Veja os atrativos de Natal (RN), conhecida como Cidade do Sol

Apelidada de Cidade do Sol, capital atrai pelo burburinho dia e noite da Via Costeira

Por Denise Gircella

O apelido de “Cidade do Sol” não é por acaso. A temperatura média anual de Natal é de 28º e chove pouco na região. Os restaurantes, bares e hotéis se espalham pelos 21 km de praias da capital, que se prepara para ser uma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014. A Arena das Dunas, com capacidade para 42 mil torcedores, tem tudo para ser um dos estádios mais belos da competição por causa da cobertura moderna e arrojada.

Ponta Negra é o lugar preferido dos visitantes, com a orla lotada de barracas. Do lado direito temos a visão do Morro do Careca, duna com mais de 80 metros de altura, e é o principal cartão postal de Natal. É proibido escalá-lo. A praia tem um calçadão bem movimentado e é próxima a bares, restaurantes, boates e pousadas. Quando chega a noite, a região fica bem animada.

Já na Via Costeira estão os principais resorts. As praias são mais limpas e mais privativas do que as demais da cidade. Nesta área, situa-se outro grande ponto turístico: o Parque das Dunas reserva ambiental com 1.172 hectares de Mata Atlântica. É o segundo maior parque urbano do Brasil.

Ponta Negra / Natal

Seguindo pela orla, chegamos à Praia do Meio, em Areia Preta, de onde se tem uma visão privilegiada da Fortaleza dos Reis Magos. A construção, de 1599, em formato de estrela, virou marco da fundação da cidade e é tombada pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Pouco mais a frente está a praia da Redinha, onde fica o Aquário Natal, o maior do Nordeste, com cerca de 60 espécies de peixes e o tanque de tubarões-lixa, no qual o visitante pode tocar os animais se tiver coragem e disposição…

Para completar a viagem, um pouco mais ao norte de Natal está a praia de Genipabu. Ali, é possível andar de buggy nas dunas e aproveitar a vista da lagoa “com ou sem emoção”. Na segunda opção, ou seja, com alta velocidade, as dunas viram verdadeiras montanhas russas nas mãos dos buggeiros, motoristas profissionais credenciados pela Secretaria estadual de Turismo.

Genipabu é ótima, ainda, para a prática de sandboard, espécie de surfe na areia. E tem uma atração bem interessante: o passeio de dromedário, com direito a turbante e tudo. Impossível não se aventurar!

Projeto Águia Verde

Natal ainda explora pouco o potencial de energias renováveis, como a eólica e a solar. Mas vem avançando. Desde janeiro deste ano, a Prefeitura instituiu a Lei nº 6.045, que tornou obrigatório o uso da energia solar para novas edificações na capital do Rio Grande do Norte. Com isso, os projetos para prédios comerciais ou familiares com mais de cinco pavimentos passaram a ter um sistema de aquecimento de água explorando o calor do sol.

 

Fonte: Vida e estilo / Terra

Comentários

*Todos os comentários são moderados. Isso quer dizer que nós lemos todas opiniões e damos preferência para aquelas que agregam mais informação, que tenham personalidade e que não ataquem o autor ou outros leitores do site. O seu email não será publicado ou comercializado.*